Nota:

Minha foto
Menino besta cheio de sonhos aprisonado no corpo de um homem sóbrio e cheio de desejos.

Escolha a dose.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Pontes.

E há quem tenha medo da travessia, medo do cair, medo de seguir adiante. Há quem prefira ficar onde está chorando aquele momento que vive sem conseguir dar mais um passo. Há os que olham para trás e não preferindo ter chegado até ali se arrependem da sua própria trajetória. Magoados, humilhados, sofridos, infelizes, dobram-se nos joelhos da auto-misericórdia e não caminham mais.
À nossa frente haverá sempre uma estrada a percorrer e atrás, caminhos ultrapassados a serem esquecidos. A cada momento uma nova travessia se apresenta. Adiante estará sempre o novo e ele não virá até você, você terá de ir até ele. Prosseguir é preciso sempre, pois lá na frente pode estar o bom por vir após o impreciso caminhar.
Seja nas vestes da esperança renovada, seja confiando nas lanternas do coração, seja no calor da mão de um amigo que te apóia, seja na certeza de que mereces o melhor, caminhe adiante.
Enfrentar mudanças é como atravessar pontes. Haverá sempre o outro lado a descobrir. E certamente um lado melhor.
(e.)

2 comentários:

Charlene Carvalho disse...

Gostei.Tinha esquecido como escreves bem.

Laura disse...

Me identifiquei! beijo da Lud ;)