Nota:

Minha foto
Menino besta cheio de sonhos aprisonado no corpo de um homem sóbrio e cheio de desejos.

Escolha a dose.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

In vino.

Seria um papo e um vinho. Uma ou duas taças talvez, talvez banal, trivial, frívolo até.
Não o foi.
No momento em que ela entrou na varanda do pequeno bistrô e seus saltos tocaram o assoalho, polido com esmero, o mundo parou. Um sonho em mulher caminhava por entres as mesas, congeladas no tempo, onde sabores foram acentuados, aromas se perpetuaram e todas as contas a pagar foram suspensas. As pequenas luzes, dependuradas nas árvores, faiscavam de alegria e excitação. Velas brancas às mesas exibiam suas chamas retas e perfiladas, não ousando tremular bruxuleantemente sobre seu rosto impecavelmente maquiado. Guardanapos de linho de curvaram em reverência. Todos os sorrisos permaneceriam tatuados para sempre nas faces dos demais clientes.
Quando a viu sentar-se à sua frente, como uma infante ao trono de tanta candura e poder, ele sentiu uma brisa leve de tocar-lhe o rosto refrescantemente. Ela o olhava nos olhos em silêncio e o silêncio dela confessou-lhe sim, que sabia de todos os seus segredos.
O bom tinto já a aguardava servido. Mas foi a taça à frente dele que ela tomou nas mãos. Bebeu um último gole que lá restava e então sumiu por encanto.
E a partir daquele dia, os lábios dela surgiriam marcados em todas as taças em que ele bebesse, como se impressas estivessem todas as palavras ainda não ditas.
e.

6 comentários:

MANU AO PÉ DA LETRA disse...

Sumiu por encanto e, reapareu, depois, também por encanto.

ViVi disse...

Pai do céu! Ela tem voltar e falar como ele Davi

Vida... disse...

Beber bom vinho e de suas palavras,é como brisa suave ao alto do Fuji...Como num encanto ela (ele) desapareceu...

Menina de óculos disse...

Bruxuleantemente foi a coisa mais luxo e poder que eu li hoje. Twittei!

Jamylle Carvalho disse...

Bem-vindo ao Blogueando, David.
Esperamos os teus textos e vc é um concorrente muito forte, pode ser um dos vencedores ... você escreve muito bem!
Beijos :*

Luna disse...

meus olhos brilharam.