Nota:

Minha foto
Menino besta cheio de sonhos aprisonado no corpo de um homem sóbrio e cheio de desejos.

Escolha a dose.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Em tempo

    Cultivar inimigos é uma arte muito simples na verdade, coisa que qualquer um consegue: É só imaginar ou inventar que alguém é seu inimigo, atribui-lhe os piores pensamentos contra você, manter a pessoa distante e evitar o proscrito pelo resto da sua vida. É fácil e você pode ter um monte deles.
    Com a amizade a coisa fica mais difícil, não é pra qualquer amador a arte de fazer amigos. Não mesmo: Primeiro necessita de muita prática. Ei! Não entenda que necessita de experiência, não é isso, estou falando de prática no sentido de praticar a amizade. Vou explicar melhor: Cativar. Pronto é essa a palavra. Amizade se cativa, se cultiva, se constrói. É coisa que a gente tem de fazer no dia a dia. E não me falem dessa história, que tem amigos que nem se falam e nem se veem, mais ainda continuam amigos como eram. Mentira. A gente quando não alimenta a amizade ela morre.
    Sou do tipo “grato por ter amigos”, poucos, mas os que tenho cativo para não perde-los amanhã.
    A amizade põe olhos no futuro.

“O que uma verdadeira amizade pode nos oferecer de melhor, depois de tudo, é um grande amor; e, de pior, a saudade."

4 comentários:

Ana disse...

Faça o favor de alimentar nossa amizade para que ela não padeça! Eu a mantenho firme,de longe, mas com o coração bem cheio de afeto! beijos

Claudinha Bártholo disse...

Sou do partido da Ana, mantenho perto mesmo de longe!!!
Adorei a postagem boss!
beijos

David Sento-Sé disse...

Beijos amigas, amigas. Beijo amigo e bem alimentado.

Anônimo disse...

Digamos que mesmo do outro lado do mundo voce cativou amizade,respeito e carinho... Saudades meu querido!